Preparativos – conhecido como Pre Work

Eu havia escutado muito sobre o pre work, que era bem trabalhoso, e agora que eu tinha finalmente recebido meu assignment não via a hora de começar!
Alguns dias depois (dia antes de eu entrar em férias) recebi um mail me dando as boas vindas ao time e nos pedindo que enviasse um currículo e uma carta de apresentação para a ONG que estava como parceira da IBM neste time (a IBM contrata diversas ONGs que fazem todo o trabalho de prospecção de clientes no país que iremos, e busca os projetos em que vamos trabalhar) para que eles pudessem começar a buscar nossos clientes…
Que emoção! Vi os recipientes da nota e vi que o time do Uzbequistão 1 era composto de uma brasileira, uma espanhola, uma colombiana, uma chinesa, um chinês, dois indianos, um japonês, um mexicano e um australiano! Já estava ansiosa para começar a trabalhar como um time com eles…
Tomei nota da data limite para enviar o CV e fui curtir as férias com minha família…
Assim que eu voltei das minhas férias (era quinta-feira), olhei o guia e escrevi os entregáveis necessários. Na sexta enquanto estava trabalhando enlouquecida tentando botar o mail em dia recebi um mail sobre o plano de treinamento (amei!), e algumas horas depois um dossiê com toda a informação sobre a logísitica: per diem, Visto, vôos, instruções gerais, o que é permitido e o que não é, calendário proposto, etc.
O plano de treinamento é bem completo: dividido por meses e áreas – logística, assignment, formação de time.
Olhei todo o plano, imprimi o dossiê para ler no final de semana e fui para casa sonhando com todas estas novas informações, e olhar os requisitos necessários para o visto para brasileiros…

Requisitos para Visto
Sim, é necessário um visto para o Uzbequistão. Não, não existe uma embaixada nem um consulado do Uzbequistão no Brasil (!!!!!!). Dei uma googlada e descobri que para ter o visto você precisa ter uma carta convite que o ministro do Uzbequistão deve assinar, aí você preencher o pedido do visto, enviar foto, cópia do passaporte e ir a embaixada. Descobri também que a embaixada mais próxima é nos Estados Unidos. A carta a ONG vai providenciar. Agora, como e quando eu vou pegar o visto? Oh-oh!! Não faço idéia!!!

Per diem
Todo o dinheiro do per diem será transferido diretamente na minha conta corrente… Agora como eu vou fazer o meu realzinho na minha conta corrente virar Som Uzbek? Considerando que lá há poucos ATM e cartões de crédito não são muito aceitos… Aiaiaiaiaiaiai…

Considerando tudo isso, eu decidi desencanar um pouco, curtir o final de semana e tentar não enlouquecer com esses imprevistos… Acho que no sábado de tarde eu até nem estava mais pensando nisso! 😉

Uzbequistão – Tashkent

image

E então começou a pesquisa… Santo Google e Wikipedia! Eu descobri que o Uzbequistão é ex União Soviética, um belo país que hospeda três dos patrimônios históricos da humanidade da UNESCO, e no geral um país maravilhoso! Não cabia em mim de felicidade! Um dos motivos de eu ter escolhido como primeira opção o Leste Europeu eram minhas raízes… meus avós vieram da Lituânia e Romênia enquanto possessão russa… Desta maneira, o Uzbequistão era a melhor opção depois da própria Romênia! Poder ajudar uma comunidade lá definitivamente seria um sonho tornado realidade!

KhivaWalls

Khiva

Registan_-_Samarkand_-_15-10-2005

Samarcanda

Uzbekistan_Bukhara_f8bc873e8cde4f68a262db1009be277d

Bucara

As fronteiras são todos os ão que sempre escutamos nas notícias… Afeganistão, Casaquistão e todos os outros… a moeda é Som Uzbeque e é bem desvalorizada… 1000 som equivale a 1 real e 1 dolar equivale a 2000 som… A capital é Tashkent (a cidade que eu vou) e a cidade é conhecida por ser uma grande exportadora de algodão, e suas frutas e pães… Descobri um ótimo filme sobre Tashkent no YouTube:my city, my Tashkent

Depois de muito pesquisar, eu estava muito feliz com esta aventura… Mas eu estava indo para longe por 30 dias… Precisava preparar meus filhos (tenho dois raiozinhos de sol, uma menina maravilhosa de 7 anos e um gostoso de 3 anos). Contei a eles sobre o Uzbequistão, que ficava na Ásia, e que eu ficaria longe quatro vezes mais do que o tempo que fiquei no Mexico… Primeiro minha filha me perguntou: Asia? Mas lá não tem água! Você vai ficar com sede! Expliquei a ela que não, e mostrei o vídeo que tinha achado… Eles ficaram super impressionados com ele, e a Isa me disse: é lindo mamãe! Podemos passar nossas próximas férias lá? 😉

image

Vi muita coisa legal, páginas, e coisas lindas para se fazer lá… Por exemplo, todas as estações do metrô (que aliás é o único da Ásia central) foram criadas por arquitetos diferentes e cada uma é uma lindíssima obra de arte – e uma completamente diferente da outra! O lado negativo é que o metrô é considerado zona militar e é proibido tirar fotos lá – se você não resistir e tirar uma, pode ser preso! Então as únicas fotos que eu vou poder mostrar são as oficias, como essas:

image8004929797_2a8f88f09e_z tashkent-nir-nussbaum-2

Seguem algumas páginas legais sobre o Uzbequistão:
orexca.com
Wikipedia
lonely planet

Tem que ficar impressionado!!

Mas antes de eu aceitar o assignment eu tinha que falar com meu gerente se tudo bem eu ficar 30 dias longe das minhas atividades diárias… Mandei uma mensagem para ele, que me deu os parabéns, e disse: vai fundo! E foi com grande prazer e um friozinho na barriga que eu aceitei meu assignment e era oficialmente parte do time Uzbekistan 1!!! Detalhe, o número depois do país quer dizer quantos times já foram enviados para o país em si; por exemplo, Índia está no time 23… isso quer dizer que o meu time será o primeiro a ser enviado para o Uzbequistão (!!!).

E agora que venham os preparativos!

O Assignment

Assim que eu recebi a aprovação, entrei na wiki do CSC, olhei todos os materiais disponíveis, li todos os posts sobre quando viriam os assignments, marquei nos meus favoritos, fiquei super empolgada, e esperei. Esperei… esperei… e esperei.

Tempo passou. Comecei um novo projeto, direcionei minha atenção para outras coisas, e passei meu tempo trabalhando, me divertindo com minha família… 2013 acabou, o ano novo começou e eu recebi um desafio novo sensacional!

De quando em quando eu ia a wiki do CSC procurar alguma novidade… Lá eu aprendi que meu assignment não viria em 2013, nem no primeiro quartil de 2014, e nem no segundo quartil. Tive que fazer um workshop no México então dediquei toda minha atenção para fazer isso acontecer… Enquanto estava focada em fazer do workshop um sucesso, descobri que uma colega aqui do Brasil que havia sido aprovada na mesma época que eu e havia escolhido a mesma região que eu, havia recebido seu assignment. Mais uma explicação: quando você se inscreve, você deve escolher a região que possui preferência: Leste Europeu, Africa, Asia e America Latina. Ela havia colocado Leste Europeu como primeira opção, África como segunda, Ásia como terceira e seu assignment havia chegado para a Etiópia (!!). Eu havia colocado Leste Europeu, Ásia e África. Nenhum convite ainda.

Fui para o México, voltei e continuei trabalhando como sempre. Comecei a me convencer que o assignment viria apenas em 2015… E também trabalhei comigo que se o assignment realmente viesse não haveria problemas de ser apenas ano que vem… No feriado de Corpus Christi, eu estava em um laboratório bem cedo fazendo uns exames médicos no meu caçula, quando vi que havia recebido um mail novo do trabalho. Olhei meu celular e vi a tão esperada nota: Welcome to Uzbekistan 1!!!

Eu estava feliz, empolgada, embasbacada, enlouquecida, tudo ao mesmo tempo… No mail dizia que eu iria a Taskent, e a parte do programa no país seria de 3 de Outubro a 1 de Novembro, meu aniversário… 3,5 meses antes de ficar longe de casa e da minha família por 30 dias!

Tremendo, eu mostrei o mail pro meu marido, e comecei a pesquisar… Já havia ouvido falar do Uzbequistão, mas onde era, o que tinha lá, ou qualquer coisa que fosse, não tinha a menor idéia!!!